PAHC - Sociedade Brasileira de Programação em Autoconhecimento e Comunicação

O que é PNL?

» O que é PNL?

 

PNL e PNL SISTÊMICA – A PNL de 3ª GERAÇÃO

A Programação Neurolinguística (P.N.L.) é um manual de instruções do cérebro humano”, como define Richard Bandler, um de seus criadores. Também podemos definir como o estudo da excelência humana; como um modelo da estrutura da nossa experiência subjetiva, ou seja, a maneira como nosso cérebro registra suas experiências, como respondemos a elas e como podemos alterá-las quando estão nos limitando.

A PNL revolucionou os métodos de comunicação e relacionamento humano, sendo largamente procurada por pessoas das áreas de: RH, vendas, terapia, cura, treinamento, educação, comunicação, marketing e administração (entre outras).

Obtendo também excelentes resultados no desenvolvimento pessoal, ao lidar com crenças, valores, pensamentos, emoções e poderosos recursos internos que existem dentro de você, como: criatividade, motivação, auto-estima, segurança, etc.

 

Qual a diferença entre PNL e PNL Sistêmica?

O aparecimento da PNL Sistêmica no final da década de 80 teve como precursores Robert Dilts e Todd Epstein. Seu propósito foi o de introduzir uma estrutura cibernética, promover uma ênfase na “ecologia” e trazer ferramentas do pensamento sistêmico mais inteiramente na prática da PNL. Além do trabalho de Gregory Bateson na área da cibernética, a PNL Sistêmica incorporou novas ideias e princípios de outros modelos e metodologias sistêmicos, como a Teoria da Auto-organização, a Tecnologia de Rede Neural e a Inteligência Artificial.

No início da década de 90, Dilts e Epstein se uniram com Judith DeLozier, que adicionou seu trabalho comNLP New Coding. O resultado desta colaboração é uma abordagem profunda e integrada, que tem sido responsável por muitos dos mais significativos desenvolvimentos recentes na PNL Sistêmica, incluindo o Modelo S.C.O.R.E., os Níveis Neurológicos, a PNL Generativa e a Sintaxe Somática.

A intenção básica da PNL Sistêmica é de sintetizar e expandir os modelos e distinções existentes na PNL, colocando-os numa perspectiva sistêmica. Em semelhança ao NLP New Coding, o foco da PNL Sistêmica é na relação e interação dinâmicas entre os elementos de um sistema, com ênfase na Ecologia. Os princípios e métodos da PNL Sistêmica vêm sendo capazes de ampliar as aplicações individuais da PNL para questões relativas a grupos, organizações e culturas.

 

PNL SISTÊMICA – A 3ª GERAÇÃO DA PNL

A PNL está agora em sua 4ª Década como um campo de estudos e evoluiu consideravelmente desde seu início no meio da década de 70. Como estamos na 3ª geração de desenvolvedores, treinadores e praticantes de PNL ao redor do mundo, chegou também o momento de reconhecer a 3ª Geração da PNL.

A 1ª Geração da PNL foi originalmente o modelo desenvolvido por Bandler e Grinder através dos seus estudos de terapeutas eficientes. Estas primeiras aplicações da PNL eram focadas quase que totalmente no indivíduo.

A 1ª Geração pressupunha uma relação terapêutica onde o terapeuta sabia o que era o melhor para seu cliente. A PNL era considerada como algo que “um fazia com o outro” e isso fez com que suas aplicações parecessem ser manipuladoras em contextos não terapêuticos. Muitos instrumentos e técnicas da 1ª Geração eram focados em resolver problemas nos níveis de comportamentos e capacidades.

2ª Geração da PNL começa a aparecer do meio para o final da década de 80. Neste tempo, a PNL foi se expandindo para abraçar outras questões dentro do contexto terapêutico. Embora ainda focasse em indivíduos, a 2ª Geração da PNL começou a enfatizar as relações entre as pessoas e amplamente incluiu áreas como negociação, vendas, educação e saúde.

Os instrumentos da PNL também se expandiram para incluir questões mais elevadas relacionadas com crenças, valores e “meta programas”. As técnicas da 2ª Geração da PNL integraram o uso de novas distinções, tais como linha do tempo, submodalidades e posições perceptivas.

3ª Geração da PNL vem se desenvolvendo desde a década de 90. Suas aplicações são generativas, sistêmicas e focadas em questões ainda mais elevadas como Identidade, Visão e Missão. Ela enfatiza a mudança sistêmica como um todo e pode ser aplicada no desenvolvimento organizacional e cultural tanto quanto no individual e em times.

Todas as Gerações da PNL focam na estrutura e funcionamento da mente (essa é a essência da PNL). As duas primeiras Gerações, entretanto, colocaram quase que exclusivamente atenção na mente cognitiva. A 3ª Geração expandiu para incluir tanto processos somáticos quanto dinâmicas de um sistema mais amplo, isto é, do “campo”, fazendo assim uma “Unidade da Mente”. Desta forma, a 3ª Geração da PNL trabalha com a interação entre três “mentes”:

1.       A Mente Cognitiva que surge do cérebro

2.       A Mente Somática centrada no corpo

3.      A Mente do “Campo” que vem da nossa conexão e relacionamento com outros Sistemas em nossa volta

A 3ª Geração da PNL almeja desenvolver e sustentar uma relação orgânica entre estas três Mentes. As técnicas da 3ª Geração têm a ver com centrar-se na essência somática, patrocinando cognitivamente o desenvolvimento da Unidade entre pessoas e conectar-se através das relações, com a Sabedoria e a Orientação de dentro do Sistema Maior em nossa volta.

Robert Dilts e Judith DeLozier já chamam de The Next Generation (as próximas gerações) a possibilidade de, além deles, outros pesquisadores aparecerem dando continuidade às pesquisas da PNLSistêmica e trazendo à tona a 4ª, a 5ª, a 6ª….. Gerações.

Compartilhe...

Email

  • info@pahc.com.br

Telefones

  • São Paulo: (11) 3824-0068
  • Cel e WhatsApp: (11) 9 8531-0504

Copyright © 2013-2017 PAHC - Sociedade Brasileira de Programação em Autoconhecimento e comunicação